Telecabine Lisboa

Telecabine Lisboa

 

Telecabina do Parque das Nações Lisboa (Portugal)A Telecabine do Parque das Nações foi inaugurada em Março de 1998 para a Exposição Internacional de Lisboa (EXPO’98), hoje em dia, é um dos pontos de visita turística obrigatórios desta área de lazer em Lisboa. Este teleférico é propriedade da empresa Telecabine Lisboa, que é responsável pela exploração e manutenção da instalação. A Telecabine foi uma das maiores atrações da EXPO’98, tendo registado uma enorme afluência de passageiros.

Esta instalação é dotada de 40 cabines fechadas com portas automáticas e capacidade para 8 passageiros distribuídos por dois bancos. O percurso desenvolve-se no estuário do Rio Tejo, a poucos metros da frente ribeirinha, com os maciços das torres assentes no leito do rio. As torres têm um impacto visual reduzido. O terminal Sul (onde se encontra o accionamento) está situado no Passeio de Neptuno, próximo do Oceanário e o terminal Norte (onde se encontra o sistema de tensionamento do cabo e também os escritórios da empresa) está situado no Passeio das Tágides, próximo da antiga Torre Vasco da Gama, agora o hotel My Riad. As áreas de acesso e saída de passageiros e as bilheteiras encontram-se ao nível do solo e os equipamentos encontram-se nos pisos superiores dos terminais, ou seja, nas estações. Os edifícios e todos os equipamentos incluindo as estações, torres e cabines, são de cor branca e/ou azul num belo contraste entre o céu azul e o rio.

A viagem tem duração de 8 a 12 minutos num percurso de 1230 metros, pairando sobre o Rio Tejo a 30 metros de altura, de onde se vê um deslumbrante panorama do Parque das Nações incluindo o Oceanário, o Pavilhão de Portugal, as torres de S. Gabriel e S. Rafael, o Pavilhão Atlântico (Meo Arena), a Torre Vasco da Gama (hotel My Riad) e a Ponte Vasco da Gama. Uma experiência magnífica e única…

A viagem, com duração de  8 a 12 minutos, percorre um belo e repousante trajecto de 1.230 m, sobre o rio Tejo, de onde se avista a trinta metros de altura um deslumbrante panorama do Parque das Nações. Podemos ver de perto o Oceanário, a Doca dos Olivais, o Pavilhão de Portugal e sua pala, o Pavilhão Atlântico, o Pavilhão da FIL e ao longe todo o Parque das Nações, nomeadamente a estação do Oriente, as torres S. Gabriel e S. Rafael, a Torre Vasco da Gama e também a ponte Vasco da Gama.